>

Alguns olhares sobre o Rio de Janeiro, seus costumes, seus becos, suas praias, suas gírias, seus botecos, sua gente, sua graça, e também para os seus desacertos e desgraças (por que não, não é?)... Faça o seu pedido e sente-se a mesa com a gente!







IMAGENS DO RIO


www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos from listoducto. Make your own badge here.








Tempo Rio de Janeiro:

Click for Rio de Janeiro, Brazil Forecast

 


ښLTIMOS POSTS

Não somos avestruzes...
Cenas Urbanas
Conversa de Botequim
Chico City - Um Rio tão longe, tão perto de ser fe...
ACABOOOOUUUU!!!, por Tutty Vasques, na Veja Rio
Gentileza e utopia
E Viva o Bar !!!
Convocação e Alerta contra a Desfiguração da Marin...
Loba
Convocação aos Cariocas! (divulguem)











PARTICIPANTES

Adai­lton Persegonha
Adelaide Amorim
Carla Cintia Conteiro
Carol Rodrigues
Eliane Stoducto
Fabio Sampaio
Ivy Wyler
Manoel Carlos Pinheiro
Marcia Cardoso
Silvia Chueire




 

100% CARIOCAS

Esse Mar é Meu
Parque do Flamengo
Levanta, Rio!
Baixo Santa
Bandeira 1
caRIOcas.net
Clube do Tom
copacabana.com
Cora Rónai
Linha & Cor
Literatura & Rio
Olhares do morro
Rio Total
Riotur
RJ Sinfonia
Samba & Choro
Vinicius de Moraes






NA MESA DO BAR

Afrodite
blog0news
Collectanea
Desassistidas
Drops da Fal
Elefante no infinito voa
Gravatá
Mais bonita
Mundo Delirante
Paliavana4
Pequeno Milagre
Periplus
Vidas marcadas
Vito Cesar




QUER DIVULGAR O BLOG?? :)))

 nosso selo



nosso botão





QUEM NOS LINKA


















 




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.



 



sexta-feira, fevereiro 09, 2007

Tem saída?


Dormimos ontem e acordamos hoje com o pesadelo da barbárie praticado contra um menino de seis anos por três jovens - vejam só, três JOVENS! - por causa do roubo de um carro.
O que será que estamos virando no nosso Rio de Janeiro? Animais na selva tirariam um filhote da toca ou do ninho para matar a fome. É o máximo de truculência que dá para entender. Mas com gente é diferente, como dizia o Vandré. Ou ao menos se espera que seja.
O que será que está faltando?
Faltam várias coisas, parece, todas elas importantíssimas, fundamentais para formar gente que mereça ser chamada assim. Falta educação básica, não só para ensinar a ler e a contar, mas para ensinar como se vive com dignidade. Faltam recursos a uma parcela assustadoramente crescente da população para viver desse modo dito digno (e nesse item a coisa é tão complicada que dói explicar). Falta punição, certeza de que a cana vai chegar e é dura pra valer - não com torturas e mais violência, mas com firmeza e tempo de reclusão, penas à altura do crime que se pratique. Portanto, falta justiça de todos os lados, a começar pelo atendimento às necessidades básicas da população carente e às condições para que se possam satisfazer a essas necessidades.
Mas falta mais alguma coisa, o que é mesmo? Ah, já sei. Falta exemplo. Em casa o exemplo do pai que às vezes nem comparece; na escola o exemplo do professor que ganha uma merreca e tem que trabalhar em três empregos e vive estressado demais para cumprir sua missão; no governo... Bom, não vamos falar disso agora. Só uma coisa precisa ficar clara: num país, a figura do pai corresponde ao governo e seus vários círculos, ou seja, aos homens públicos.
Foram três jovens. Três feras, que infelizmente não terão de ninguém que se respeite a indulgência e a compreensão que um jovem merece, porque pelo visto não há mais o que esperar deles.
E os outros, os tantos outros iguaizinhos a eles que andam por aí? É muito angustiante, porque não se pode rotular ninguém, mas alguns parecem já trazer o rótulo na testa.
Será que tem saída?


dito por dade amorim




4 Comments:




Blogger Laura Diniz said...

Sabe o que acho que mais preocupa? Os três não saíram de casa com a intenção deliberada de cometer um crime bárbaro. Saíram para fazer um roubo, como tantos outros, e isso acabou resultando na tragédia horrorosa que vimos. Acho que dá medo desse descontrole, de que, até quando a intenção não é gerar um dano grave, as coisas podem sair absurdamente do controle, inesperadamente, e dar origem a barbaridades como essa. Estamos todos muito vulneráveis...

19 fevereiro, 2007 12:24  



Blogger Luna Guedes said...

Não tenho palavras para definir o que penso... As vezes prefiro me abstrair para não ter que analisar as insanas atitudes humanas...
Abraços

24 fevereiro, 2007 18:34  



Blogger Ana said...

Não, sem brincadeira, o negócio está assustador. E isso não é conversa da avó da gente vendo a mini-saia pela primeira vez. As pessoas - como bem colocou a Laura, acima - estão surtando. Menina chutando professora até causar traumatismo craniano... Que que é isso? A gente acaba ficando sem palavras, mesmo...

29 março, 2009 03:37  



Blogger Fanzine Episódio Cultural said...

O Fanzine Episódio Cultural é uma jornal bimestral (Machado-MG/Brasil) sem fins lucrativos distribuído gratuitamente em várias instituições culturais, entre elas: Casa das Rosas (SP/SP), Inst. Moreira Salles (Poços de Caldas-MG) e Cia Bella de Artes (Poços de Caldas-MG). De acordo com o editor e poeta mineiro Carlos Roberto de Souza (Agamenon Troyan), “o objetivo é enfocar assuntos relacionados à cultura, e oferecer um espaço gratuito para que escritores, poetas, atores, dramaturgos, artistas plásticos, músicos, jornalistas... possam divulgar suas expressões artísticas”.

17 dezembro, 2010 18:52  



Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link








 


home